Parque Zoobotânico Virtual 3D
Museu Paraense Emílio Goeldi

Nutrida o ano inteiro por chuvas abundantes, dias quentes e muito sol, a floresta amazônica provê suporte à maior variedade de animais e plantas encontrados na terra. Os visitantes do Museu Goeldi podem ter uma idéia da complexidade e abundância dos sete milhões de quilômetros quadrados da Hiléia Amazônica em um parque zoobotânico de 0,05 km², no centro da cidade de Belém (PA).
Aqui, cerca de 2 mil espécimes de plantas tropicais convivem com 600 exemplares da fauna da região. Pássaros, preguiças, peixes de água doce e uma variedade de répteis e anfíbios estão distribuídos ao longo dos caminhos dessa floresta plantada. Muitos dos animais estão camuflados na vegetação.

Porém, a observação paciente e atenta permitirá ao visitante descobrir muito da beleza e diversidade que o circunda. Um visitante na floresta tropical vê um mundo ensombrado; a luz é filtrada pelas copas das árvores que se entrelaçam e formam uma espécie de "toldo" a cerca de 30 metros do chão. A iluminação é reduzida pela vegetação tolerante à sombra, abaixo desse "toldo". Apenas nas bordaduras dos canteiros e nas clareiras formadas pelas grandes árvores, uma quantidade suficiente de luz chega ao solo, de modo a dar sustento à densa vegetação aí encontrada.

* Melhor visualizado no Google Chrome