Lauro Sodré (fotógrafo e data não identificados).

1891 - A nascente República Brasileira

Três ilustres republicanos foram responsáveis pela reabertura e reforma do Museu Paraense: Justo Chermont, o primeiro governador republicano; José Veríssimo, diretor da Instrução Pública e mentor da recuperação do museu, iniciada em 1891; e Lauro Sodré, governador a partir de 1893, que prosseguiu na execução do antigo sonho de Ferreira Penna. Renegando tudo o que pudesse estar vinculado ao Império e influenciados pelo Positivismo, corrente filosófica que valorizava o saber como fato útil, prático e verdadeiro, os homens do início da República perceberam a importância que o Museu Paraense, obra bastarda da Monarquia, deveria ter na nova administração.