Entrada do Parque Zoobotânico pela Av. Magalhães Barata (fotógrafo e data não identificados). Museu Paraense Emílio Goeldi / Arquivo / Coleção Fotográfica.

1954 - Novos rumos à Ciência Brasileira

As perspectivas para o Museu Goeldi no início dos anos 50 não eram promissoras. Foi a criação do Conselho Nacional de Pesquisas (CNPq), em 1951, durante o governo do presidente Eurico Gaspar Dutra, e a imediata instalação, em Manaus, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), que trouxeram a solução para o velho Museu Paraense. No dia 7 de dezembro de 1954, José Olympio da Fonseca, diretor do INPA, firmou com o governador do Pará, General Zacarias de Assunção, um Termo de Acordo pelo qual o Museu Goeldi seria administrado e recuperado pelo INPA, durante 20 anos. Com essa medida, o Museu Goeldi pôde, mesmo com dificuldades, intensificar a pesquisa científica e salvar suas coleções.