Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Edital para escolha do novo diretor do Museu Goeldi
conteúdo

Agência de Notícias

Edital para escolha do novo diretor do Museu Goeldi

Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações divulga a chamada para candidatos à direção da instituição. O edital está aberto a doutores com notório conhecimento e experiência profissional nas áreas de atuação do Museu Goeldi. As inscrições devem ser feitas até 30 de janeiro de 2018.
publicado: 18/12/2017 16h30, última modificação: 28/12/2017 12h32
Edital para Direção do Museu Goeldi

Edital para Direção do Museu Goeldi

Agência Museu Goeldi – O processo de seleção de candidatos a diretor do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) é coordenado por um Comitê de Busca de alto nível, composto pelos cientistas: Dr. Adalberto Luis Val, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e que preside o Comitê de Busca; Dra. Elizabeth Höfling, da Universidade de São Paulo (USP); Dr. Emídio Cantídio de Oliveira Filho, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE); Dra. Maria Fátima Grossi de Sá, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA); e Dra. Maria Manuela Ligeti Carneiro da Cunha, da Universidade de São Paulo (USP).

O Museu Goeldi é o primeiro projeto científico nacional para o estudo da Amazônia e completou 151 anos de fundação. Durante sua existência, se consolidou internacionalmente como um centro de pesquisa referencial para o conhecimento dos sistemas naturais e socioculturais da região amazônica. A instituição está vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e possui três bases físicas no estado do Pará, incluindo o mais antigo parque zoobotânico do Brasil. O MPEG desempenha também um papel importante na formação de recursos humanos especializados na região – atualmente mantém seis programas de pós-graduação e centenas de bolsas de iniciação científica, mestrado, doutorado e capacitação institucional. É um dos mais queridos e maiores museus brasileiros, com acervos que reúnem mais de 4,5 milhões de itens tombados em 18 coleções. Recebe cerca de 400 mil visitantes por ano, sendo considerado pelo Ministério do Turismo um dos 65 destinos turísticos nacionais indutores do desenvolvimento nesse campo.

Inscrições – As inscrições dos candidatos ao cargo de diretor do Museu Goeldi podem ser feitas até 30 de janeiro de 2018. Podem se inscrever para o cargo cidadãos, brasileiros natos ou naturalizados, com notório conhecimento e experiência profissional nas áreas de atuação do Museu Goeldi, portadores de diploma de doutorado e que atendam aos requisitos previstos no edital. Acesse aqui o documento integral publicado no dia 15 de dezembro pelo MCTIC no Diário Oficial da União.

No ato da inscrição, os interessados devem enviar, em versão impressa e eletrônica, ao Presidente do Comitê de Busca, os seguintes documentos conforme indica o edital: a) carta solicitando inscrição da candidatura; b) Currículo Lattes atualizado; c) texto de até cinco páginas, descrevendo sua visão de futuro para o MPEG e seu projeto de gestão.

Seleção – O processo de seleção será realizado pelo Comitê de Busca, formada por especialistas nomeados pelo atual ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab. Todos os cargos de direção das Unidades de Pesquisa do MCTIC são definidos por esse sistema de escolha: o novo diretor é selecionado a partir de uma lista tríplice encaminhada ao MCTIC pelo comitê de especialistas, responsável por buscar perfis que se identifiquem com as diretrizes técnicas e político-administrativas de cada instituição. O processo é composto por análise dos currículos, documentos e proposta dos interessados, exposição oral pública das propostas e entrevista individual com o Comitê de Busca.

Para mais informações, acesse o edital.