Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Palestra - Alagamentos e inundações na Bacia do Una: um conflito permanente na cidade de Belém

Notícias

Palestra - Alagamentos e inundações na Bacia do Una: um conflito permanente na cidade de Belém

publicado: 04/09/2018 10h34 última modificação: 10/09/2018 16h02

Dia 12 de setembro | 15h

Tema: Alagamentos e inundações na Bacia do Una: um conflito permanente na cidade de Belém

Palestrante: José Alexandre de Jesus Costa – Frente dos Moradores Prejudicados da Bacia do Una (FMPBU)

Resumo: Todos os anos intensas chuvas caem em Belém, fazendo os canais da Bacia do Una transbordarem, provocando inundações e danos de ordem moral e material. A mídia de massa e os órgãos públicos culpabilizam os moradores por, supostamente, arremessarem lixo doméstico nos canais. Os discursos oficiais e o senso comum também tratam essas inundações como eventos isolados causados pela chuva. Contrariamente a esses argumentos, a Frente dos Moradores Prejudicados da Bacia do Uma (FMPBU) sustenta que os alagamentos e inundações são resultado combinado dos seguintes fatores: 1) A omissão e a falta de ética do Poder Público Executivo Municipal e Estadual pela falta de manutenção do conjunto de obras do Projeto Una, pelo extravio e apropriação indevida dos maquinários destinados a essa manutenção; 2) A morosidade e inoperância do Poder Judiciário e do Ministério Público Estadual no trâmite do Processo de nº 0014371-32.2008.814.0301, relativo à Ação Civil Pública Ambiental contra o Estado, a Prefeitura e a COSANPA pela manutenção das obras do Projeto Una; 3) O silêncio do Conselho Gestor da Bacia do Una (CONGEB/UNA), cujos membros permaneceram inertes diante das irregularidades, inundações e desvio de equipamentos para manutenção da Bacia do Una; 4) O desinteresse do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) pelo resultado de seus investimentos, quando não foram cumpridos os termos do acordo de financiamento firmado com o estado do Pará, entre eles a manutenção periódica das obras do Projeto Una e o envio de relatórios sazonais à referida instituição financeira.

 

Local: Sala de Reuniões nº 1, da Coordenação de Ciências Humanas | Campus de Pesquisa do Museu Goeldi (Av. Perimetral, 1901 - Terra Firme, Belém – PA).