Você está aqui: Página Inicial > Pesquisadora do Museu Goeldi recebe Comenda Mulher Cientista

Agência de Notícias

Pesquisadora do Museu Goeldi recebe Comenda Mulher Cientista

A ecóloga Ima Vieira recebeu a condecoração na categoria Cientista Master. A cerimônia de entrega marcou o encerramento das ações realizadas pelo Governo do Pará em homenagem às mulheres. Vieira foi a primeira cientista paraense e a terceira mulher a assumir a direção do Museu Goeldi.
publicado: 29/03/2019 17h15 última modificação: 29/03/2019 17h26

Agência Museu Goeldi – A ecóloga, pesquisadora e ex-diretora do Museu Paraense Emílio Goeldi, Ima Célia Vieira, recebeu na manhã desta sexta-feira (29) a Comenda Mulher Cientista, na categoria Cientista Master. Criada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), a condecoração é uma forma de homenagear e reconhecer o trabalho científico realizado pelas mulheres, enaltecendo suas contribuições para o avanço da ciência no Pará. A cerimônia foi realizada no Teatro Estação Gasômetro, em Belém (PA).

Além da pesquisadora titular do Museu Goeldi, a professora da Universidade Federal do Amazonas, Maria Paula Schneider, também foi premiada na categoria Cientista Master. Na categoria Jovem Cientista, a homenageada foi a estudante Francielly Rodrigues Barbosa, da Escola Estadual Professora Ernestina Pereira Maia, localizada no município de Moju (PA).

As indicações das candidatas às duas categorias foram feitas, inicialmente, pelas redes sociais, entre os dias 8 e 19 de março. Em seguida, os nomes sugeridos foram encaminhados à Comissão Científica de Avaliação da Comenda Mulher Cientista, que analisou os currículos, pesquisas e projetos das candidatas.

Ima Célia Vieira.png

TrajetóriaIma Célia Guimarães Vieira é graduada em Agronomia, pela Universidade Federal Rural da Amazônia, com mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas pela Universidade de São Paulo. Em 1996, se tornou doutora em Ecologia pela University of Stirling, na Escócia. Entre os anos de 2005 e 2009, foi a primeira cientista paraense e a terceira mulher a assumir a direção do Museu Paraense Emílio Goeldi, onde atualmente é pesquisadora titular.

Ao longo de sua carreira, a ecóloga participou de diversos estudos envolvendo a Amazônia, sendo representante do Museu Goeldi na organização do Sumário para Tomadores de Decisão, documento que sintetiza as conclusões de décadas de pesquisa sobre a biodiversidade nacional, se tornando um elemento importante para o diálogo entre gestores brasileiros. Mais recentemente, Ima também participou do estudo elaborado por uma rede internacional de ecólogos da América Latina que chamou a atenção para a capacidade de regeneração das florestas secundárias e sua importância para a conservação da biodiversidade.