Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Coleções > Etnográfica

Etnográfica

publicado 10/05/2018 16h45, última modificação 10/05/2018 16h45

A Coordenação de Ciências Humanas (COCHS) do Museu Goeldi é responsável pela salvaguarda das coleções de Antropologia, de Arqueologia e de Linguística, que além da sua relevância científica, têm grande importância sociocultural e política para os povos indígenas e comunidades tradicionais, pois são registros permanentes de suas memórias e modos de vida. As coleções arqueológica e etnográfica, reunidas até a década de 1950 foram registradas em 1940 no Livro do Tombo Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como “Coleção arqueológica e etnográfica do Museu Paraense Emílio Goeldi”. As coleções estão abertas para a pesquisa de especialistas e dos povos indígenas e populações tradicionais mediante solicitação junto aos curadores.

A Reserva Técnica Curt Nimuendajú abriga o acervo etnográfico, que é composto por mais de 15 mil objetos oriundos de 120 povos indígenas, principalmente da Amazônia brasileira, e em menor proporção da Amazônia peruana e colombiana; também guarda objetos dos Saamacá do Suriname e de populações tradicionais no Brasil, como quilombolas, ribeirinhos e pescadores, além de uma importante coleção de objetos africanos que chegou ao Brasil no final do século XIX. Pesquisas sobre cultura material são desenvolvidas no acervo etnográfico, além de projetos colaborativos com povos indígenas e populações tradicionais.

Curador:
E-mail:
Telefone: