Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Pesquisa > Coleções

Coleções

publicado 14/04/2017 07h43, última modificação 12/06/2018 12h20

O Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) tem, atualmente, 18 coleções científicas, com 4,5 milhões de itens tombados, que compõem a base do conhecimento sobre a biodiversidade e a diversidade social e cultural da Amazônia. As coleções científicas começaram a ser organizadas no final do século XIX, época da criação do Museu Goeldi, e aumentam à medida que avançam as pesquisas institucionais.

Por estarem entre as mais antigas do Brasil e da América Latina, as coleções do MPEG, em muitos casos, são referências únicas da diversidade cultural e biológica da Amazônia, testemunhas dos processos evolutivos que constituíram esse bioma. Confira informações sobre as coleções ligadas às quatro coordenações de pesquisa do Museu Goeldi:

 

Coleções de Botânica

Apoiam pesquisas e outras demandas da sociedade relacionadas ao conhecimento sobre fungos e vegetais. A principal coleção é o Herbário MG, fundado em 1895 pelo botânico Jacques Huber. O Herbário contém mais de 180 mil amostras de plantas desidratadas, exsicatas e mais de 2,5 mil amostras utilizadas na descrição de espécies novas, chamadas de “tipos nomenclaturais”.


Coleções de Ciências da Terra

Guarda o acervo paleontológico do Museu Goeldi, formado por quatro coleções pelas quais estão distribuídas amostras de minerais, rochas, solos, paleontologia e palinologia.


Coleções
 de Zoologia

Abriga os acervos de animais invertebrados (Entomológica e Aracnológica) e vertebrados (Ictiológica, Herpetológica, Ornitológica e Mastozoológica).


Coleções
 de Ciências Humanas

Dispõem de acervos em Linguística, Arqueologia e Etnologia, sendo os dois últimos os maiores. Ambos possuem expressivo conjunto de peças tombadas como Patrimônio Histórico Nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Também guarda um Centro de Documentação Permanente de Línguas e Culturas Indígenas da Amazônia, com registros de 80 línguas indígenas.