Você está aqui: Página Inicial > Em Carajás, estudos comprovam a origem antrópica da floresta amazônica
conteúdo

Agência de Notícias

Em Carajás, estudos comprovam a origem antrópica da floresta amazônica

publicado: 20/11/2018 18h05, última modificação: 21/11/2018 16h35
Pesquisadores confirmam, através da arqueobotânica, que humanos manejavam a floresta há mais de 11 mil anos, quando ocorreu o início da colonização da região amazônica. O debate é o cerne do livro “A Humanidade e a Amazônia: 11 mil anos de evolução histórica em Carajás”, a ser lançado na tarde do dia 28 de novembro no Museu Goeldi. O evento encerra os últimos seis anos de uma longa trajetória de investigações arqueológicas na maior província mineralógica do planeta – Serra de Carajás, no Pará.