Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Por que existem tantas espécies de aves nos trópicos?
conteúdo

Agência de Notícias

Por que existem tantas espécies de aves nos trópicos?

Palestra gratuita e aberta ao público será ministrada no Campus de Pesquisa do Museu Goeldi pelo pesquisador Jason T. Weir, da Universidade de Toronto (Canadá).
publicado: 27/07/2016 17h00, última modificação: 16/02/2018 17h04

Agência Museu Goeldi – Regiões junto à linha do equador, como a Amazônia, apresentam grande diversidade de espécies em comparação a menor variedade de regiões mais distantes dos trópicos, como o norte da Europa e da Ásia e a Antártida.

Pesquisar as diferenças na evolução de espécies em regiões tão diferentes do planeta é o foco do laboratório coordenado pelo Dr. Jason T. Weir, no Departamento de Ciências Biológicas da Universidade de Toronto em Scarborough (Canadá).

Amanhã (28), a partir das 10h, Jason Weir integra o Ciclo de Palestras do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Evolução do Museu Paraense Emílio Goeldi (PPGBE/MPEG). Sua palestra terá o tema "Why are there so many bird species in the tropics?" e terá entrada aberta e gratuita a todos os interessados.

O Dr. Weir está no Museu Paraense Emílio Goeldi desde o dia 12, onde desenvolve diversas atividades com apoio do Programa de Bolsas de Capacitação Institucional (PCI/MCTI/MPEG).

Ao longo desta quarta (27), o pesquisador está ministrando ainda o workshop "Approximate Bayesian Computation" (ABC), sobre importante e inovadora ferramenta de análise genético-populacional, com a participação de técnicos, pesquisadores e estudantes.

Pesquisador Visitante - Jason T. Weir tem Ph. D. em Zoologia pela Universidade da Columbia Britânica (Canadá). Professor assistente de Biogeografia da Universidade de Toronto em Scarborough (Canadá), o pesquisador coordena laboratório que, por meio de métodos comparativos, investiga os ritmos evolutivos nos trópicos em contraste com áreas em maiores latitudes do planeta.

As aves são o foco de estudo do laboratório, que utiliza uma variedade de abordagens genéticas, computacionais e de trabalho de campo para estimar taxas evolucionárias em diferentes espaços.

PPGBE - O Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Evolução (PPGBE) é uma iniciativa regional pioneira do Museu Goeldi, sendo também a primeira pós-graduação oferecida de maneira autônoma pela instituição, que mantém outros cinco cursos de pós-graduação em parceria com instituições de ensino superior. Com as primeiras turmas admitidas em 2015, o programa já nasce com os cursos de mestrado e doutorado pela Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Texto: Uriel Pinho

 

Serviço

Ciclo de Palestras do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Evolução do MPEG

Palestra "Why are there so many bird species in the tropics?"

Palestrante: Jason T. Weir

Professor assistente de Biogeografia da Universidade de Toronto em Scarborough (Canadá)

Data: 28/07/20016 (quinta-feira), às 10h

Local: Auditório Paulo Cavalcante, Campus de Pesquisa do Museu Paraense Emílio Goeldi (Av. Perimetral, 1901, Terra Firme - Belém).

Entrada gratuita e aberta a todos os interessados.